O Terceiro Trono - Espaço da Fé

Espaço da Fé

Uma mensagem de fé e esperança para sua vida.

26 de maio de 2015

O Terceiro Trono


Em uma das Redes Sociais que frequento, me deparei com um rapaz zeloso que afirma crer na bíblia, mas que por algum mistério sinistro, se identifica com várias ideias (ou devaneios!) das Testemunhas de Jeová. Porém, nega ser membro da seita. Entre os vários detalhes de nossa conversa, o que se destacou foi o momento em que ele postou o seguinte:”Se o Espírito Santo fosse uma pessoa, Ele também teria um trono ao lado do Filho e do Pai ( Apocalipse 22: 3). Nossa, Ele não tem trono ?” Pois bem, ele disse mais coisas, antes e depois desta postagem, mas como sempre faço, optei por tirar deste momento algo edificante para nossas vidas. Amém? 
Logo de início, para não perdermos tempo e este texto não ficar muito extenso, afirmo categoricamente que o Espírito Santo é DEUS, e como tal, é uma pessoa. Afinal por definição uma pessoa é um ser, um indivíduo, um sujeito. Podemos saber que o Espírito Santo é mesmo uma Pessoa porque Ele possui uma mente, emoções e vontade. O Espírito Santo pensa e sabe (I Coríntios 2:10). O Espírito Santo pode se entristecer (Efésios 4:30). O Espírito intercede por nós (Romanos 8:26-27). O Espírito Santo toma decisões de acordo com Sua vontade (I Coríntios 12:7-11). O Espírito Santo é Deus. E Como Deus, o Espírito Santo pode verdadeiramente agir como o Confortador e Consolador que Jesus prometeu que ele seria (João 14:16,26; 15:26).
Agora sim, vamos a questão do trono para o Espírito Santo. Para começarmos é bom lembrar que o tema do livro do Apocalipse é JESUS Cristo e sua obra redentora. A ênfase é Sua vitória e entronização, e não a obra do Espírito Santo. Para o Espírito Santo o nosso corpo (individualmente) é “templo” (grego= naós) do Espírito Santo (1 Co 6:19) e que “nós” (a Igreja) somos Seu “templo” (grego naós), é importante notar que a palavra usada para "templo" em ambos os casos não é a palavra grega "hieron", que se referia a todo o complexo do templo. Embora às vezes usadas como sinônimos, naós (1Co 3:16; 6:19) é a palavra preferida para referir-se ao Santíssimo Lugar do templo, justamente o lugar da presença de Deus. Essa palavra, mesmo entre os pagãos, referia-se ao lugar onde se localizava pessoalmente a divindade. A palavra “habitar” (grego= oikei) significa “residência fixa”, “permanência”. Ou seja, os autores bíblicos (especialmente Paulo, nestes versos) entendiam que o verdadeiro trono do Espírito não estava no céu, mas no coração dos remidos e lavados pelo sangue do Cordeiro. Em outras palavras o TRONO do Espírito Santo é a IGREJA. E, deste modo, o TERCEIRO TRONO já esta posto e devidamente ocupado.


Dentro do contexto do Evangelho, segundo João (que também é o escritor do Apocalipse) o Espírito Santo é simbolizado pelo rio da vida o qual, desde esta Terra, já está jorrando na vida dos crentes e continuará por toda a eternidade (João 7:37-39; 3:5; 4:10-14 e I João 5:8-10 e Apocalipse. 22:1, 2).
"A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós" - 2 Cor. 13:13

Nenhum comentário: