As Silenciosas Conquistas de Deus-Verdades Vivas.

"E respondeu e me falou, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por violência, mas pelo Meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos" (Zacarias 4.6).

Quando nos encontramos na margem de um rio turbulento, é comum vermos redemoinhos próximos à margem onde a água corre em sentido oposto, contra a corrente, como se o rio estivesse indo na direção errada. Mas quando olhamos para o canal principal, vemos que a corrente segue rapidamente em direção ao oceano.
Esta é uma figura do modo como Deus opera. Em muitas coisas, na igreja e na sociedade e também na experiência individual, parece que Deus está sendo derrotado e que os movimentos de Sua graça e providência redundam em fracassos. É como se todos os Seus propósitos estivessem indo na direção errada. É só quando elevamos nossos olhos, olhando mais além da margem do presente momento, e levamos em consideração toda a correnteza do governo de Deus para com os homens, que O vemos constantemente conquistando a vitória. É como se Ele usasse a estratégia de mover-se silenciosamente em círculos.

Deus opera em oculto

Ele opera de modo escondido, como se usasse luvas, por meio daquilo que chamamos de causas secundárias, por meio de forças que são espirituais e não mecânicas. Suas grandes operações em graça, ao subjugar uma alma, são acompanhadas do poder invisível e quase imperceptível que irá gerar pensamentos sérios, anseios benignos no coração, atrações celestiais na oração, apreensões secretas para com o perigo, repentinos lampejos de esperança na mente e possibilidades brilhantes, incutindo, por um lado, um sentimento de total incapacidade e, por outro, grande coragem e determinação.
Você já reparou que os grandes e rudes pecadores são geralmente capturados e conquistados das maneiras mais inesperadas, por meio de alguma circunstância patética e cheia de quietude e mansidão, exatamente o oposto do que consideraríamos essencial para produzir tais resultados? Infiéis não são convertidos por longos sermões, mas com maior freqüência, pela silenciosa confiança de algum pobre e velho santo ou pela oração sussurrada por uma criancinha. Um humilde santo no fundo de um quintal ou no meio de uma plantação está silenciosamente chorando e rogando pela salvação de alguma criança, a qual acabará se tornando um grande profeta ou reformador, no poder do Espírito Santo, e dez mil vezes mais capaz de produzir resultados, do que na barulheira eclesiástica de um reavivamento dirigido pelo homem.
Deus opera por meio de indivíduos, ao invés de usar comitês, federações ou grandes organizações. Deus conquista um coração qualquer e por intermédio daquele coração derrama Seus propósitos como um rio poderoso.

Deus opera segundo os Seus próprios planos

Quando os homens se afastam do Senhor, o homem individualmente passa a ser de pouca importância, e toda a confiança é colocada nas grandes maiorias e em exércitos poderosos. A torre de Babel foi construída por um comitê nacional que dizia: Vamos construir uma cidade e uma torre para nós!
Mas Deus escolheu um único homem, Abraão, e o chamou para que fosse um peregrino e fundador de uma raça daqueles que são da fé. O Rei da Síria aparelhou um exército para capturar o profeta Eliseu, mas, sozinho, aquele profeta orou e o exército ficou cego, e ele os guiou a Samaria. Deus carinhosa e secretamente inspira uma única alma que sobrepuja o sábio e leva a cabo os propósitos de Deus de uma maneira jamais sonhada antes.

O Senhor atinge Seus propósitos e, com freqüência, faz Suas conquistas mantendo Seus santos em uma condição que, em vários aspectos, parece sem esperanças como que para fazê-los viver por fé e para que dependam de Deus somente. Se fosse para o Senhor dar ao Seu povo aquilo que os homens chamam de sucesso, como abundância de dinheiro e prosperidade pessoal, isto se revelaria como um completo fracasso do ponto de vista de Deus. Quando lemos a Bíblia e olhamos para a vida do ser humano, parece que Deus está sendo derrotado. O que parece ser fracasso aos nossos olhos é sucesso para o Senhor. O Todo Poderoso não está trabalhando de acordo com planos humanos e nem segundo o juízo dos homens. Aqueles que são reputados por indignos, ou sem esperança, ou mal sucedidos, são, com frequência, bem sucedidos à maneira de Deus.

Fonte: MANJAR CELESTIAL

As Silenciosas Conquistas de Deus-Verdades Vivas. As Silenciosas Conquistas de Deus-Verdades Vivas. Reviewed by As Riqυєzαs Insondáveis de Cristo on 20:32 Rating: 5

Nenhum comentário

Author