25 de março de 2015

Posso me manter fiel?



Sentados num banco em meio a um conjunto habitacional, a conversa ficou séria.
- O que lhe impede de obedecer ao evangelho? - perguntei.
As lágrimas começaram a rolar pelo seu rosto.
- Simplesmente não creio que possa fazer o que o Senhor espera de mim - respondeu ele.
- Você tem razão! - eu disse. - Não por si só, mas com o Senhor do seu lado, você pode!
Raciocinamos juntos um pouco mais, e naquela mesma noite ele decidiu tornar-se cristão.
    Um acontecimento isolado? Creio que não. Aliás, esse quadro se repete freqüentemente e reflete o medo que muitos carregam no coração. "Se me tornar cristão, poderei permanecer fiel?" "Será que vou conseguir terminar o que tiver começado?" "Será que vou conseguir pegar e não largar?" "Será que algum dia ficarei mais forte e serei mais útil no reino?"
Em Miquéias 7:8 lemos: "Ó inimiga minha, não te alegres a meu respeito; ainda que eu tenha caído, levantar-me-ei". Isso é decisão! Salomão escreveu em Provérbios 24:15-16: "Não te ponhas de emboscada, ó perverso, contra a habitação do justo, nem assoles o lugar do seu repouso, porque sete vezes cairá o justo e se levantará". Isso se chama determinação!
     As Escrituras estão repletas de admoestações aos cristãos para se manter firmes e procurar não cair. Pedro adverte-nos para não sermos "arrastados pelo erro desses insubordinados" e cair "da vossa própria firmeza" (2 Pedro 3:17). Você já observou pedreiros erguendo um edifício de vários andares, andando de uma viga para outra, centenas de metros acima do chão? Eles devem sempre ter o cuidado de não perder o equilíbrio, escorregar na direção errada e cair. O nosso adversário, o diabo, usa toda tentação que ele pode conseguir e todo engano imaginável para fazer-nos cair. Assim, Pedro nos admoesta: "Sede sóbrios e vigilantes" (1 Pedro 5:8). Precisamos ser como esses pedreiros - precisamos prestar atenção em onde andamos, estar atentos. Por quê? Ninguém está tentando empurrar o pedreiro de cima do andaime, mas ainda assim ele precisa tomar cuidado! Satanás está sempre tentando nos tirar de cena. Precisamos todos ser sóbrios e vigilantes e fazer todo o possível para não cair.
      As pessoas boas às vezes são surpreendidas num pecado (Gálatas 6:1). Em nossa vida cristã, aprendemos bem rápido que, embora procuremos não cair e tropeçar, isso acontece. Essa descoberta pode ser esmagadora, se não tomarmos cuidado. O que devemos perceber é que homens como Noé, Abraão, Moisés, Davi e Pedro foram homens bons. Ainda assim, todos pecaram, e alguns flagrantemente. Ter ciência de que ninguém está totalmente livre do pecado ajuda-nos a enxergar as coisas pela perspectiva correta (1 João 1:7-9).
      A questão é: "Quando você tropeçar e cair, o seu inimigo ficará satisfeito?" Se desistimos e ficamos prostrados, sim. O nosso inimigo se orgulhará e se vangloriará de ter derrotado o propósito de Deus em nossas vidas, qual seja, glorificar a Deus. Mas ele não pode regozijar-se se escolhemos nos levantar da queda, confessar os nossos pecados e pedir perdão (1 João 1:9). Satanás ficou contente com o rei Saul quando este caiu e não se ergueu dos seus pecados, mas, quando Davi caiu, a alegria de Satanás foi apenas momentânea, porque Davi voltou a si e reconheceu o seu pecado (Salmo 51:1-3).
     Vemos muitos por quem Satanás está se alegrando. Depois que eles obedeceram ao evangelho de Cristo e começaram a nova vida, Satanás não desistiu. Ele usou todo expediente sedutor possível até descobrir exatamente aquele que lhes serviria de isca. Ele teve êxito em convencer: "Viu, vocês não conseguem viver isso; é melhor desistir." E foi o que fizeram! Mas também vimos aquele a quem Satanás derrubou, mas não conseguiu manter caído. Sim, pecou, mas se levantou novamente.
     Satanás não pode alegrar-se com um filho de Deus que odeia seus pecados, confessa-os e clama pela misericórdia de Deus! Alguns começam a vida cristã decididos a serem perfeitos. Quando eles não conseguem se manter nesse nobre ideal, acham-se hipócritas se continuarem reunindo-se com a igreja e ajudando na obra do Senhor. O que eles não conseguem enxergar é que hipócritas são as pessoas insinceras. As pessoas humildes e penitentes, embora fracas às vezes, não são hipócritas! Davi diz em Salmo 103:14: "Pois ele conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó". Não, Deus não deixa de ver as nossas imperfeições, mas ele entende que as tenhamos. E foi sabendo disso que foi impulsionado a enviar o seu Filho para morrer na cruz em nosso lugar. Que coisa boa para se pensar!
     Se Deus tivesse dado a cada um de nós só uma oportunidade, ou mesmo duas, jamais conseguiríamos. Temos um sumo sacerdote misericordioso, bem como um Pai de perdão, e realmente não há desculpas para qualquer um de nós jamais desistir (Hebreus 4:14-16).(por Bill Fairchild Jr)
Fonte: Aqui

Espero que assim como esse texto falou profundamente ao meu coração que também fale ao seu.JESUS É O SENHOR! 

A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as Riquezas Insondáveis de Cristo.(Efésios 3:8)
"Para poderdes, perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.” (Efésios 3:18,19)


Comentários
0 Comentários