Por que não Jesus? - Espaço da Fé

Espaço da Fé

Uma mensagem de fé e esperança para sua vida.

29 de março de 2015

Por que não Jesus?

Why not Jesus?

Fico impressionado com a quantidade de pessoas que dão credibilidade as palavras de alguns “ícones” da sociedade, mas negam acreditar nas palavras de Jesus Cristo. Sua mensagem foi sobre amor e paz, mas mesmo assim, há aqueles que nutrem certa raiva e até ódio quando mencionamos o evangelho de Cristo. Anticristos? Não exatamente. Entretanto, é preocupante o fato de que abordar a sociedade sob a ótica cristã, para muitos, esteja fora de cogitação. Esteja ultrapassado.
Embora corram para distante dos propósitos divinos, a maioria absoluta dos homens deseja tudo aquilo que Deus prometera àqueles que Nele confiassem e obedecessem (Provérbios 3). Porém, o que vemos atualmente é o homem caminhando de acordo com seu próprio querer e se afastando a cada dia dos planos de Deus. E, por esquecem de colocar Jesus adiante de seus caminhos, colhem os frutos ruins cultivados pelas próprias mãos. Foi isso o que Jesus afirmou quando disse que “(...) do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias”. (Mateus 15: 19) Tudo o que presenciamos diariamente em nossa sociedade é consequência das próprias escolhas humanas.
Em detrimento da abundância de teorias que prometem mudanças nos rumos da humanidade, o que vemos é a sociedade mergulhar em um mundo a cada dia mais injusto, inseguro e sem perspectiva de melhora. Tudo o que estamos vivenciando faz parte do processo de afastamento de Deus.
Como mudar essa situação?
Resposta muito simples: escolher a Cristo como o nosso fator de mudanças. Enquanto pusermos nossa esperança em teorias humanas, continuaremos nossa inglória jornada. Por que não Jesus? Voltemos a Deus e experimentaremos a verdadeira mudança de vida. Só assim, haverá real perspectiva para a humanidade.


A paz esteja convosco!
Créditos da imagem: http://marcelodonisetecosta.blogspot.com.br/2013_11_01_archive.html

Nenhum comentário: