7 de janeiro de 2015

Inanição Espiritual

Salmos 119: 11
Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti. 

É mais do que comprovado que, uma boa alimentação, baseada em uma dieta equilibrada, é fonte de energia necessária para que o corpo desempenhe as mais diversas atividades diárias. É bem sabido também que a má alimentação conduz o organismo a uma série de desordens moleculares que trarão inúmeras consequências, dentre as quais a inanição. Entretanto, quesito muito negligenciado por grande parte dos cristãos, é o fato de que, assim como o corpo, o nosso espírito também precisa de alimento.
Mas, qual seria o alimento do espírito humano? A melhor resposta a essa questão, podemos extrair daquilo que disse o próprio Salvador Jesus Cristo. Assim nos advertiu Jesus: “Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.” (Mateus 4: 4) Como pode-se concluir, o alimento espiritual é a leitura e meditação das Sagradas Escrituras.
A falta de leitura e de meditação da Santa Palavra conduz o homem a um estado de inanição espiritual, assim como a falta de alimento pode conduzir o corpo ao estado de inanição corpórea. Mas, o que caracteriza a presença de inanição espiritual?
Primeiro, analisemos o que seria a definição de inanição. Segundo uma definição encontrada em qualquer dicionário de termos médicos, a inanição é um estado de debilidade extrema por falta prolongada de alimentação. Tal condição, se não tratada rápida e convenientemente, pode conduzir o indivíduo à morte em poucos dias. Como analogia, temos que, a inanição espiritual é caracterizada por uma série de eventos que conduzirão o cristão, em último estágio, à morte espiritual.
Existe uma série de “sintomas” que podemos tomar como sinal de alerta de possível existência de inanição espiritual. Dentre eles, destacam-se: ausência de oração, questionamento da fé, falta de desejo de congregar, prática de coisas outrora tidas como pecaminosas etc. Diante de qualquer deles, devemos procurar ajuda imediata do “Médico dos médicos”, o Senhor Jesus, já que, o último estágio de tal condição, é a apostasia, ou seja, a morte espiritual.
Portanto, amados, cultivem o hábito da leitura diária da Santa Palavra. Estejam conscientes de que,
assim como não podemos deixar de alimentar o nosso corpo, também não podemos deixar de alimentar o nosso espírito. Reservem, ao menos trinta minutos de leitura diária e de meditação. Orai sem cessar (1 Tessalonicenses 5:17). Fazendo isso, jamais correrão o risco de enfraquecerdes na fé.

A paz esteja convosco!

Créditos das Imagens:
http://correiodobrasil.com.br/ultimas/alimentos-sao-jogados-fora-enquanto-morre-gente-de-fome/567120/
https://malucoporjesus.wordpress.com/2009/12/

Comentários
0 Comentários