26 de dezembro de 2014

Mais que vencedores no contexto

"Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou." Romanos 8:37

É um versículo lindo de se dizer e de se pregar, porém, muita gente anda pregando isso por aí sem o devido contexto.

Em um texto recente, expressei um pensamento, não meu, mas das Escrituras sobre pessoas que utilizam a Bíblia sem o devido contexto. É uma prática satânica.

Quando Paulo disse que somos mais do que vencedores, é necessário ler e entender o que são "todas essas coisas". Para tanto, é necessário ler o texto anterior a este versículo na sua integralidade.

"Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." Romanos 8:35-39

Observe que "todas essas coisas" se refere a tribulação, angústia, perseguição, fome, nudez, perigo e espada. Ou seja, são as dificuldades a qual estamos sujeitos dia a dia e que podemos passar mesmo seguindo a Cristo. Paulo diz que somos mais que vencedores em todas essas coisas, porque elas não são capazes de nos separar do amor de Cristo.

Aqueles que utilizam esse versículo sem contexto para passar a ideia do "triunfalismo", o faz de maneira ridiculamente errada, pois na verdade o contexto nos mostra que o cristão está sujeito a tudo. O fato de você viver debaixo dos ensinamentos de Cristo, não te isenta de passar pelos infortúnios da vida. Aliás, muitos infortúnios são na verdade consequências do caminho escolhido a seguir com Cristo.

Somos mais que vencedores em Cristo sim, mas não necessariamente triunfando, prosperando ou vivendo as "mil maravilhas" e sim superando todos os percalços e seguindo firme rumo a salvação da alma.

Não estou dizendo que o Eterno não é perfeitamente capaz de nos ajudar nas nossas lutas cotidianas, só estou dizendo que quando Paulo disse que somos mais do que vencedores é com respeito a fé no Salvador.



Jesusmar Sousa Teixeira
E-mail: jesusmar@guardiaodafe.com.br

Empregado Público Federal, adoro escrever e faço isso em três blogs de minha autoria e edição.

Comentários
1 Comentários

1 comentários

MUITO BOM O TEXTO! EU TINHA ESSE PENSAMENTO TRIUNFALISTA, MAS QUANDO LI TODO O CONTEXTO PERCEBI QUE NÃO TEM NADA A VER COM ESSE ESPÍRITO MALIGNO DE QUE POSSO VENCER TODOS, TUDO NESSE MUNDO USANDO (NA FORMA MAIS VULGAR DO VERBO "USAR")O NOME DE JESUS PARA ISSO.
QUE DEUS ENCONTRE HUMILDADE NO CORAÇÃO DAS PESSOAS PRA RECONHECEREM ESSE ERRO TERRÍVEL.
ANDRÉ DE MORAES.