Devocional: Ao Deus desconhecido - 21/08/2014

"De pé, então, no meio do Areópago, Paulo falou: Cidadãos atenienses! Vejo que, sob todos os aspectos, sois os mais religiosos dos homens. Pois, percorrendo a vossa cidade e observando os vossos monumentos sagrados, encontrei até um altar com a inscrição: 'Ao Deus desconhecido'. Ora bem, o que adorais sem conhecer, isto venho eu anunciar-vos. O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, o Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos humanas. Também não é servido por mãos humanas, como se precisasse de alguma coisa, ele que a todos dá vida, respiração e tudo o mais. De um só ele fez toda a raça humana para habitar sobre toda a face da terra, fixando os tempos anteriormente determinados e os limites do seu habitat. Tudo isto para que procurassem a divindade e, mesmo se às apalpadelas, se esforçassem por encontrá-la, embora não esteja longe de cada um de nós. Pois nele vivemos, nos movemos e existimos, como alguns dos vossos, aliás, já disseram: Porque somos também de sua raça". Atos 17:22-28

Igual aos cidadãos atenienses, homens dos mais religiosos, nos dias de hoje encontramos muitas e muitas pessoas. Pessoas religiosas, que possuem altares, objetos ditos sagrados ou ungidos, carregam amuletos, imagens de escultura acreditando estar agradando ao Criador, quando na realidade tentam agradar a um Deus desconhecido.

Não estou aqui apontando uma religião específica, pois sabemos que muitos evangélicos também estão perdidos dentro das igrejas. Frequentam culto, participam de eventos, possuem cargos, no entanto, também servem ou pensam servir um Deus desconhecido que não é servido por mãos humanas.

Então, como conhecer esse Deus? Através de uma estreita comunhão em uma vida de santidade, conhecimento e principalmente prática de Suas palavras que se encontram nas Escrituras Sagradas. Nosso Salvador Jesus disse que estamos limpos, pelas palavras que Ele tem dito (João 15:3).

O verdadeiro conhecimento prático é também evidenciado no que fazemos para com o próximo. Pela boca do profeta Jeremias, o Eterno proferiu a importância de conhecê-Lo e o que de fato prova que o conhecemos.


"Assim disse Iahweh: Que o sábio não se glorie de sua sabedoria, que o valente não se glorie de sua valentia, que o rico não se glorie de sua riqueza! Mas aquele que quer gloriar-se glorie-se disto: Que ele tenha inteligência e me conheça, porque eu sou Iahweh que pratico o amor,o direito e a justiça na terra. Porque, é disto que eu gosto, oráculo de Iahweh!" Jeremias 9:22-23

Mais claro impossível. Conhecer o Criador é fazer o que Ele gosta, praticar o amor, o direito e a justiça na terra. Como praticar isso? Para com o próximo.

"Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." 1 João 4:7-8

Examine as Escrituras, pratique o amor para com o próximo e pare de cultuar a um Deus desconhecido. É tempo de estabelecer uma comunhão estreita com o Eterno.

"Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra." Oséias 6:3

Que o Eterno abençoe a todos grandiosamente.



Jesusmar Sousa Teixeira
E-mail: jesusmar@guardiaodafe.com
Devocional: Ao Deus desconhecido - 21/08/2014 Devocional: Ao Deus desconhecido - 21/08/2014 Reviewed by Jesusmar Sousa on 07:58 Rating: 5

Nenhum comentário

Author