6 de junho de 2014

Em que as preocupações nos acrescentam?

"E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?" Mateus 6:27

O versículo acima citado está inserido em um contexto onde o Salvador nos ensina a não andarmos preocupados ou ansiosos com as coisas dessa vida. Esse ensinamento inicia-se a partir do versículo 25 e se estende até o versículo 34 de Mateus capítulo 6.

Acordei pensando nesse versículo. O que seria esse pensamento senão o Salvador falando comigo?

Há cerca de quatro dias, tive uma notícia que me deixou bastante preocupado, mas muito mesmo. Pense numa pessoa super tranquila, que não esquenta com absolutamente nada? Sou eu. No entanto, essa notícia me deixou por pelo menos dois dias apreensivo, preocupado e com medo. Dormia e acordava pensando nessa situação. Coloquei diante do Criador tudo isso, o quanto isso me incomodava e me deixava com medo. Hoje descobri que o que de fato aconteceu e a situação foi resolvida da melhor maneira possível. 

Acordei com esse pensamento! Em que essa preocupação poderia me acrescentar? Será que eu me preocupar muito resolveria o meu problema? Será que dormir e acordar pensando em situações ruins que poderiam me acontecer me ajudou em algo? Não. A palavra do Salvador me mostrou que não. 

Por maior que seja o seu problema, por mais forte que seja sua angústia amigo (a), saiba que suas preocupações não serão capazes de resolver seu dilema. A melhor coisa que podemos fazer diante disso tudo, é lançar nas mãos de quem pode resolver qualquer situação.


"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós." 1 Pedro 5:6-7




Jesusmar Sousa Teixeira
E-mail: jesusmar@guardiaodafe.com

Empregado Público Federal, adoro escrever e faço isso em três blogs de minha autoria e edição.

Comentários
0 Comentários