10 de maio de 2014

O perfil dos profetas

Analisar perfis requer um estudo específico, bem fundamentado e detalhado, por isso, antecipo que a ideia dessa postagem é trazer algumas colocações importantes sobre os profetas do Criador e não um estudo aprofundado.

Ao contrário do que se é divulgado, nem sempre esses traziam boas notícias, nem sempre eram mensageiros de vitórias e bênçãos, pelo contrário, na maioria das vezes traziam consigo más notícias, calamidades e muitas delas acompanhadas de apelo ao arrependimento. 

Tanto os maiores, quanto os profetas menores, nem sempre eram aceitos. Pelo contrário, eram rejeitados porque nem sempre a palavra que traziam era agradável. Basta lermos as Escrituras e perceberemos o quanto os profetas eram maltratados, perseguidos e até mortos. Exemplo claro foi o profeta Jeremias. Anunciando as verdades e encarando os falsos profetas que traziam notícias agradáveis ao invés do arrependimento, ele foi lançado em uma cisterna.


"Ouviram, pois, Sefatias, filho de Matã, e Gedalias, filho de Pasur, e Jucal, filho de Selemias, e Pasur, filho de Malquias, as palavras que anunciava Jeremias a todo o povo, dizendo: Assim diz o Senhor: O que ficar nesta cidade morrerá à espada, de fome e de pestilência; mas o que sair aos caldeus viverá; porque a sua alma lhe será por despojo, e viverá. Assim diz o SENHOR: Esta cidade infalivelmente será entregue na mão do exército do rei de babilônia, e ele a tomará. E disseram os príncipes ao rei: Morra este homem, visto que ele assim enfraquece as mãos dos homens de guerra que restam nesta cidade, e as mãos de todo o povo, dizendo-lhes tais palavras; porque este homem não busca a paz para este povo, porém o mal. E disse o rei Zedequias: Eis que ele está na vossa mão; porque o rei nada pode fazer contra vós. Então tomaram a Jeremias, e o lançaram na cisterna de Malquias, filho do rei, que estava no átrio da guarda; e desceram a Jeremias com cordas; mas na cisterna não havia água, senão lama; e atolou-se Jeremias na lama." Jeremias 38:1-6


É amigos, a vida de profeta nunca foi fácil. Em relação a mortes de profetas, nosso Salvador falou pesado com os fariseus, religiosos da sua época, lançando sobre eles a culpa de todos os que foram assassinados por seus pais.


"Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade; Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar." Mateus 23:34-35


O compromisso de um verdadeiro profeta é com a verdade, com a Palavra do Criador e nunca com o conforto ou aceitação das pessoas. 


"Dize-lhes pois: Assim diz o Senhor: Se não me derdes ouvidos para andardes na minha lei, que pus diante de vós, Para que ouvísseis as palavras dos meus servos, os profetas, que eu vos envio, madrugando e enviando, mas não ouvistes; Então farei que esta casa seja como Siló, e farei desta cidade uma maldição para todas as nações da terra. Os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, ouviram a Jeremias, falando estas palavras na casa do Senhor. E sucedeu que, acabando Jeremias de dizer tudo quanto o Senhor lhe havia ordenado que dissesse a todo o povo, pegaram nele os sacerdotes, e os profetas, e todo o povo, dizendo: Certamente morrerás, Por que profetizaste no nome do Senhor, dizendo: Como Siló será esta casa, e esta cidade será assolada, de sorte que não fique nenhum morador nela? E ajuntou-se todo o povo contra Jeremias, na casa do Senhor. E, ouvindo os príncipes de Judá estas palavras, subiram da casa do rei à casa do Senhor, e se assentaram à entrada da porta nova do Senhor. Então falaram os sacerdotes e os profetas aos príncipes e a todo o povo, dizendo: Este homem é réu de morte, porque profetizou contra esta cidade, como ouvistes com os vossos ouvidos. E falou Jeremias a todos os príncipes e a todo o povo, dizendo: O Senhor me enviou a profetizar contra esta casa, e contra esta cidade, todas as palavras que ouvistes. Agora, pois, melhorai os vossos caminhos e as vossas ações, e ouvi a voz do Senhor vosso Deus, e arrepender-se-á o Senhor do mal que falou contra vós. Quanto a mim, eis que estou nas vossas mãos; fazei de mim conforme o que for bom e reto aos vossos olhos. Sabei, porém, com certeza que, se me matardes, trareis sangue inocente sobre vós, e sobre esta cidade, e sobre os seus habitantes; porque, na verdade, o Senhor me enviou a vós, para dizer aos vossos ouvidos todas estas palavras." Jeremias 26:4-15


Jesusmar Sousa Teixeira
E-mail: jesusmar@guardiaodafe.com


Empregado Público Federal, adoro escrever e faço isso em três blogs de minha autoria e edição.

Comentários
0 Comentários