O altar do qual participamos - Espaço da Fé

Espaço da Fé

Uma mensagem de fé e esperança para sua vida.

26 de março de 2014

O altar do qual participamos

"Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram. Temos um altar, de que não têm direito de comer os que servem ao tabernáculo. Porque os corpos dos animais, cujo sangue é, pelo pecado, trazido pelo sumo sacerdote para o santuário, são queimados fora do arraial. E por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, padeceu fora da porta. Saiamos, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério. Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a futura." Hebreus 13:9-14

O livro de Hebreus retrata bastante a transição da antiga para a nova aliança. É importante observar nesses versículos supracitados, por exemplo, que o escritor diz que temos um altar de que não tem direito de comer os que servem ao tabernáculo, ou seja, o antigo modelo do templo onde os sacerdotes levitas expiavam pelo pecado é totalmente ineficaz e esses não participam do novo altar que agora é espiritual.

Em suma, o altar do qual o cristão tem participação, não é mais aquele altar físico onde eram apresentados sacrifícios e sim um altar espiritual santificado pelo sacrifício de nosso Senhor. Todos os rituais e sacrifícios do Velho Testamento não tem efeito, haja vista que também o sacerdócio mudou.

"Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei. Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar, Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio. E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote, Que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível. Hebreus 7:12-16

"Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre." Hebreus 7:28



Jesusmar Sousa Teixeira
Dúvidas, orientações e sugestões: jesusmar@guardiaodafe.com


Nenhum comentário: